Blog

Oração de Natal ao estilo de Taizé

O grupo de Orações de Taizé, Odivelas está a preparar mais uma oração para o dia 05/12 às 21h30, na Igreja da Arroja.

Mas o que são as orações de Taizé?

Taizé é uma aldeia em França, onde se instalou uma comunidade; pode ler-se no seu próprio site: ‘reúne uma centena de irmãos, católicos e de diversas origens evangélicas, vindos de quase trinta países diferentes. Através da sua própria existência, ela é uma «parábola de comunidade»: um sinal concreto de reconciliação entre cristãos divididos e entre povos separados.’

Fundada pelo irmão Roger, com o primeiro objectivo de acolher refugiados da II Guerra Mundial, recebe hoje, todos os dias, peregrinos de todo o mundo para experimentar, pelo menos durante uma semana, esta vida em comunidade e uma rotina de oração peculiar.

Lá, todos são convidados a participar nas 3 orações diárias comunitárias, em que o silêncio e os cânticos meditativos, com mensagens simples repetidas várias vezes, têm um papel muito importante para o encontro com Deus, ao contemplar a sua cruz (cruz/ícone também símbolo da comunidade).

«Penso que, desde a minha juventude, nunca perdi a intuição de que uma vida em comunidade pode ser um sinal de que Deus é amor; só amor. Pouco a pouco crescia em mim a convicção de que era essencial criar uma comunidade de homens decididos a dar toda a sua vida, e que procurassem sempre compreender-se mutuamente e reconciliar-se: uma comunidade onde a bondade do coração e a simplicidade estivessem no centro de tudo.»
Irmão Roger

MENSAGEM DE NATAL “URBI ET ORBI” 2018

O Papa Francisco dirigiu-se “à Cidade e ao Mundo” no passado dia 25 de Dezembro, numa mensagem que não deixou de tocar nas inúmeras feridas de um planeta em sofrimento, do povo da Síria à Nicarágua, da Venezuela à Ucrânia, do continente africano ao conflito israelo-palestiniano.
 
O nosso Papa lembra-nos que somos todos irmãos e deixa-nos votos de fraternidade.
 
“Queridos irmãos e irmãs, Bom Natal!
 
A vós, fiéis de Roma, a vós, peregrinos, e a todos vós que, das mais variadas partes do mundo, estais sintonizados connosco, renovo o jubiloso anúncio de Belém: «Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens do seu agrado» (Lc 2, 14).
 
Como os pastores, os primeiros que acorreram à gruta, ficamos maravilhados com o sinal que Deus nos deu: «Um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura» (Lc 2, 12). Em silêncio, ajoelhamo-nos e adoramos.
 
E que nos diz aquele Menino, nascido, para nós, da Virgem Maria? Qual é a mensagem universal do Natal? Diz-nos que Deus é um Pai bom, e nós somos todos irmãos.
 
Esta verdade está na base da visão cristã da humanidade. Sem a fraternidade que Jesus Cristo nos concedeu, os nossos esforços por um mundo mais justo ficam sem fôlego, e mesmo os melhores projetos correm o risco de se tornar estruturas sem alma.
 
Por isso, as minhas boas-festas natalícias são votos de fraternidade, votos de fraternidade!
 
Fraternidade entre pessoas de todas as nações e culturas.
 
Fraternidade entre pessoas de ideias diferentes, mas capazes de se respeitar e ouvir umas às outras.
 
Fraternidade entre pessoas de distintas religiões. Jesus veio revelar o rosto de Deus a todos aqueles que o procuram.”
Leia a mensagem completa neste endereço da Agência Ecclesia:
papa urbi et orbi 2018.jpg

MENSAGEM DE NATAL DO CARDEAL PATRIARCA D. MANUEL CLEMENTE

Não teve oportunidade de ver e ouvir a Mensagem de Natal do Cardeal Patriarca D. Manuel Clemente na televisão?

“As nossas cidades estão cheias de gente que não encontrou lugar na hospedaria. (…) Levemos o Natal muito a sério, com tudo o que ele implica, para que Jesus continue a nascer em cada homem e em cada mulher, com o acompanhamento e o acolhimento que merece. (…) Neste Natal, façamos deste mundo a alegria onde todos caibam.”

Hoje nasceu o nosso Salvador, Jesus Cristo, Senhor! Hoje nasceu o nosso Salvador!

Hoje nasceu o nosso Salvador, Jesus Cristo, Senhor! Hoje nasceu o nosso Salvador!

Cantai ao Senhor um cântico novo,
Cante ao Senhor, Terra inteira,
Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome.

Anunciai dia a dia a Sua salvação,
Publicai entre as nações a Sua glória,
Em todos os povos as suas maravilhas.

Alegrem-se os céus e exulte a Terra,
Ressoe o mar e tudo o que ele contém,
Exultem os campos e quanto neles existe,
Alegrem-se as árvores das florestas.

Diante do Senhor que vem,
Que vem para julgar a Terra,
Julgará o mundo com justiça
E os povos com fidelidade.

Hoje nasceu o nosso Salvador, Jesus Cristo, Senhor! Hoje nasceu o nosso Salvador!

estrela.jpg