A 12 de Janeiro de 1991, em Lisboa, nasce o grupo Jovens Católicos da Arroja. Com o passar dos anos, fomo-nos aproximando do movimento ecuménico Focolares, que nos conquistou com os seus ideais de paz e unidade. Neste clima de mudança, passámos a chamar-nos Juventude Nova da Arroja, nome que carregámos ao peito durante quase 15 anos. Até hoje já fizemos e organizámos vários retiros, passeios, peregrinações, eventos de música e arte, recolhas de sangue, eventos para apoiar causas sociais, recolhemos donativos para instituições de caridade e apoiamos desde sempre tudo o que a nossa Comunidade faz, desde pequenas quermesses, passando no cantar das Janeiras e chegando a eventos paroquiais, como a Feira da Providência. Tentamos envolver-nos ao máximo em actividades como as Jornadas Mundiais da Juventude, ou Encontros Ibéricos de Taizé.

As nossas actividades centram-se, assim, na evangelização e no exercício da caridade, sempre em comunidade – seja dentro da Igreja ou fora dela, e seguindo o modelo de fé de São José, padroeiro da Comunidade da Arroja. A vontade de imitar este santo levou-nos a mudar o nosso nome pela segunda vez: hoje somos os Jovens de São José. Contamos com cerca de 25 membros, entre os 14 e 30 anos.

Somos um grupo que procura simultaneamente espalhar e descobrir a Fé, num clima de amizade e alegria. Numa palavra, queremos ser verdadeiros jovens cristãos, juntos, e junto a São José Operário.