11811443_880596118662198_4499797011697740524_nQueridos Paroquianos

Nasci em Áurea, LS, Brasil, e fui ordenado sacerdote no dia 29 de julho de 2006, na Paróquia de Nossa Senhora do Monte Claro, minha cidade natal.

Como resposta ao chamamento de Deus à vocação sacerdotal, identifiquei-me com o carisma de S. Vicente Pallotti (1795-1850): “Reavivar a Fé e reacender a caridade do povo de católico e levá-la ao mundo todo”.

O nosso carisma é missionário, ir aonde necessitam de Deus e do nosso trabalho. Por decisão do superior, vim trabalhar em Odivelas, na Paróquia do Santíssimo Nome de Jesus, em 2009.

A 27 de agosto de 2016, recebi como missão ser pároco e conduzir esta Paróquia que é grande em vários sentidos.

Este Ano Pastoral de 2017-2018, a Igreja de Lisboa vai procurar pôr em prática o Sínodo Diocesano que tem como tema: “Fazer da Palavra de Deus o lugar onde nasce a Fé”.

Na Constituição Dogmática Dei Verbum, n.º 2, pode ler-se: “Aprouve a Deus na sua bondade e sabedoria, revelar-se a Si mesmo e dar a conhecer o mistério da Sua vontade (cf. Ef. 1,9), segundo o qual os homens, por meio de Cristo, Verbo encarnado, têm acesso ao Pai no Espírito Santo e se tornam participantes da natureza divina. (cf. Ef. 2, 18; 2 Ped. 1,4) – II CONCÍLIO DO VATICANO.

O Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus; o Verbo estava com Deus, se encarnou e habitou no meio de nós” (cf. João 1,1-4).

Foi o próprio Cristo que disse: “Ninguém conheceu o Filho senão o Pai e ninguém conheceu o Pai senão o Filho, e aquele a quem o Filho desejar revelar” (Mateus 11,27).

Nós só podemos ter o conhecimento de Deus através da Sua própria Revelação. Portanto, para conhecer melhor a Deus e fortificar a Fé, é necessário o conhecimento da Palavra revelada e a experiência pessoal com Ele.

Como Pároco da Paróquia do Santíssimo Nome de Jesus, desafio todas as Pastorais, Grupos, Movimentos e paroquianos em geral, sem exceção, para ler, meditar, estudar e sobretudo viver a Palavra de Deus.

Padre José António Zavorski, SAC,

Pároco