A história que Cristo quer fazer na paróquia onde vivemos, e o faz com esta comunidade, tem envolvido sempre, no seu crescimento, datas e acontecimentos fortes no memorial litúrgico que nos acompanham na vida em Igreja.

Estamos em Dezembro de 2001. São convidados alguns moradores a abrir as portas de suas casas e a constituir um grupo que se junta em nome de Cristo, para fazer a novena de Natal, para assim vivermos verdadeiramente a Sua vinda “ O Nascimento”, como um Deus menino que se faz Homem para viver no meio do Seu povo… é Natal.

Os encontros não terminam aqui!…
Somos o povo de Deus que caminha, reza… e, age…

Acompanhados pelo Senhor Padre Jan Sopicki, com o seu entusiasmo, determinação e essencialmente confiança de que a obra é de Deus, a primeira missa acontece nesta comunidade no dia 07 de Abril de 2002, coincidência ou “Deuscidência”? É Domingo da Divina Misericórdia!

Numa sala gentilmente cedida pelo Colégio/Infantário “Os Nossos Patinhos”, aqui localizado, vivemos quinzenalmente a Eucaristia por quase um ano.

A comunidade congrega-se e cresce. No início da primavera, todos os braços, todas as vontades e a acção do Divino Mestre, fazem com que seja possível dedicar o nosso espaço dia 21 de Março de 2003. E assim nasce a Capela do Divino Espírito Santo.

Espírito Santo, Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, onde reside o Amor Supremo entre o Pai e o Filho. Foi pelo Divino Espírito Santo que Deus encarnou no seio de Maria Santíssima, trazendo Jesus ao mundo para nossa salvação, este é o nome que o Padre Jan Sopicki, então escolhe para a nossa capela.

É preciso deixar Cristo viver e crescer nos nossos corações, as dinâmicas, fazem-nos perceber o Cristo Vivo. E, em Maio, mês do rosário, lembramos a coroação de Nossa Senhora, que vivemos com o Senhor Padre André. Todos os grupos desenvolveram os seus testemunhos de forma concreta, passando a mensagem que escolhiam na simplicidade, mas na verdade séria de quem vive o amor.

Estamos então em 2004, com o Senhor Padre Marcelo, saímos à rua cantando as Janeiras, e abençoando todas as casas que abrem a porta a Cristo para receberem a Sua benção.

Foi de facto uma bênção percorrer todas as ruas, foram muitos, os que quiseram receber esta visita, onde Cristo fez morada.

A nossa família faz festa, temos 25 anos de matrimónio para celebrar, Cristo está, e a comunidade prepara tudo com muito amor para acolher e celebrarmos juntos Cristo na concretização da vida em família.

Rapidamente se aproxima o dia do nosso patrono, a festa de ”Pentecostes” é com grande entusiasmo que preparamos a capela para a grande noite, com a colaboração dos jovens da Misericórdia. Cristo acontece nas nossas vidas, faz-se presente em nós e connosco!