Estar em casa pode ajudar-nos a cumprir vários propósitos quaresmais e a atravessar este caminho até à Páscoa, de forma mais tranquila, com mais silêncio, com um maior foco naquilo que é essencial.

Partilhamos abaixo algumas dicas, que fomos lendo e ouvindo:

– Meditar a Via-Sacra em casa

– Ler a Liturgia Diária para participar nas Missas através dos Media

– Silenciar reclamações e dar graças pelas coisas mais pequenas que vamos descobrindo (o Sol na janela, a água que vem da torneira, a música, os livros e a arte, a comida na mesa, as novas tecnologias)

– Rezar todos os dias por alguém, em especial os doentes, os profissionais de saúde, os motoristas de autocarro, os professores, os funcionários que arrumam os supermercados…

– Procurar o silêncio na nossa rotina e deixar o telemóvel, o computador, a TV, por vários momentos

– Pedir perdão ou perdoar alguém e voltar a falar com alguém com quem se havia perdido o contacto, tudo via telefone

– Prescindir de algum momento de preguiça na rotina e fazer algo que há muito tempo esteja pendente (ex. arranjar um móvel, acabar um livro)

– Ler um livro de/sobre um Santo

– Criar um grupo de WhatsApp com amigos para partilhar orações, reflexões e dicas que ajudem todos a vivenciar esta Quaresma, isolada

– Arrumar o armário, de forma a arrumar também o coração: deitar fora o que é supérfluo, doar o que já não usamos a alguém que necessite mais…

– Ler informação fidedigna (procurar sempre uma fonte credível) e reflectir sobre o comportamento actual de forma a aprender um estilo de vida mais sustentável, mais ecológico, mais saudável

– Ir às compras apenas se houver necessidade e apenas para comprar bens essenciais e de forma a não prejudicar quem vá depois; um bom cristão pensa em toda a comunidade 

– Fazer um Exame de Consciência e quando possível, com calma, procurar virtualmente/telefonicamente um sacerdote para que ele possa aconselhar sobre o sacramento da Reconciliação

– Se não pertencer a um grupo de risco deste novo vírus, oferecer ajuda a quem não deve sair de casa (em tarefas simples como ir a farmácia)

– Rezar o Terço, se for em família, com intenções espontâneas

– Apesar de estarmos em casa, deve controlar-se o tempo que se passa (e que as crianças passam) online e a jogar, de forma a não potenciar um maior isolamento

– Evitar o excesso de bebidas alcoólicas, refrigerantes, guloseimas e tudo o que não é saudável

– Não visitar os avós, tios-avós, doentes crónicos, mas sim ligar, fazer video-chamada, contar uma história pelo telefone…

– Fazer com que pelo menos um elemento da família aprenda algo novo todos os dias: o filho pode aprender uma oração, a mãe pode aprender um jogo, o pai pode aprender a poupar água, etc.

Continuação de uma boa quaresma, e uma quarentena (voluntária ou não) tranquila. 💜🙏

(fontes: Aleteia, Educris, ComShalom)

Quaresma e quarentena

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s