Com as celebrações de Sexta-Feira Santa, meditamos profundamente no mistério da Paixão e Morte de Jesus Cristo. Não é uma fé acabrunhada e desesperada aquela que nos anima hoje; é, antes, um silêncio expectante, certos que estamos daquilo que se aproxima: o triunfo sobre a própria morte e a redenção do pecado.
Cumpriu-se hoje a Via Crucis, com uma pequena encenação que nos ajudou a entrar neste mistério, partindo da Igreja Matriz em procissão pelas ruas de Odivelas, do julgamento e flagelação de Jesus perante Pilatos até ao Calvário, crucifixão e sepultamento de Cristo, que evocámos no Jardim da Música.
Seguiu-se a Celebração da Paixão e Morte na Igreja Matriz e nos Núcleos da Codivel e das Patameiras, com o rito da Adoração da Cruz. Esta Cruz não é o fim. É um convite contínuo e permanente para a Ceia do Senhor.

Aproveitemos bem o tempo que nos resta: preparemo-nos para a vinda do Ressuscitado!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s